Melhores cidades para eletricistas: lista completa

Melhores cidades para eletricistas: lista completa

Melhores cidades para eletricistas: lista completa

Quais as melhores cidades para eletricistas? Você tem este tipo de dúvida? Sem problemas! Hoje estou aqui para poder te ajudar a realmente resolver este problema de uma vez por todas. Continue conferindo este material e tenha certeza de que está no caminho certo de escolher o melhor lugar para trabalhar.

Realmente algumas cidades do nosso país se tornaram um pouco escassas no que se diz ao quesito emprego. Afinal de contas, não são raros os municípios sem qualquer tipo de geração de renda, pois a maioria deles realmente sobrevive da aposentadoria de alguns habitantes.

Em um processo de constante êxodo rural, algumas cidades podem ficar lotadas de profissionais da mesma categoria. E mesmo você tendo uma quantidade razoável de profissionais atuando em uma área que traga uma boa quantidade de ofertas, as coisas começam a ficar difíceis.

Não se se você realmente chegou até aqui porque quer se tornar um eletricista e quer estar no local correto, ou mesmo se tem o desejo de deixar um lugar que se tornou ruim para trabalhos e acessar algo melhor.

Hoje vamos conferir tudo o que você precisa para ter resultados de verdade. Confira as melhores cidades para eletricistas até o momento.

Melhores cidades para eletricistas

Antes de mais nada só gostaria de debater uma situação bastante importante. Não é porque você se encontra em uma situação um tanto quanto limitada que você pode pensar que se mudar será a solução.

Tudo precisa ser feito de cabeça fria, tranquila e bem orientada. Às vezes podem haver outras questões envolvidas, como uma concorrência temporária na sua região.

E não é raro que pessoas tenham escolhido se tornar eletricistas sem qualquer talento para tal. A escolha acaba sendo quase que inteiramente feita para garantir um sustento temporário.

Falta de amor ao fazer um trabalho dificulta realmente todo o processo de qualidade do trabalho. E com certeza pode ser um dos motivos pelos quais você não encontra mais trabalho.

O melhor seria aprender mais e se dedicar de verdade, ou então escolher uma outra profissão.

1 – São Paulo

Sem dúvida nenhuma a cidade de São Paulo está entre as maiores capitais do mundo. Onde você poderá verificar que há possibilidades para praticamente qualquer tipo de profissional ter a sua chance.

A população total já chegou a quase 13 milhões de habitantes, e o progresso é intenso sem nenhuma chance de parar tão cedo. Sem contar que as zonas urbanas da cidade são bastante divididas, e por todo lugar que você for vai ter um bairro diferente com culturas e distribuições únicas.

Este é um lugar muito interessante para um profissional começar. Entretanto também podemos falar da importância de se manter relevante. Como existe muitas vagas para se trabalhar a concorrência também costuma ser um tanto quanto cruel.

Sendo assim, o melhor a ser feito é definitivamente contar com um desempenho de qualidade. Sempre dando o seu melhor para conquistar o maior número de clientes ou uma vaga de trabalho de qualidade.

2 – Guarulhos

A cidade de Guarulhos também é um exemplo de urbanização bem populoso que conta com cerca de 1,4 milhões de habitantes. Sendo lar do maior aeroporto internacional do país. Algo que por si só já é maior do que algumas cidades pequenas.

Esta é também uma excelente cidade para se começar um curso eletricista Guarulhos e dar os primeiros passos na profissão. Muitas pessoas, infelizmente tentam migrar de lá para São Paulo, sendo que realmente não existem motivos para tal.

Em Guarulhos você encontra grandes centros urbanos e excelentes locais para as mais variadas atividades econômicas. Existem oportunidades tanto para aqueles que desejam trabalhar como eletricistas residenciais, como também prediais ou industriais.

Existe uma grande lista de empresas que podem abrigar vários funcionários, como por exemplo Açotubo, Cemaco, Danflow, Euroinox, Ficaço, Guafer e por aí vai.

Excelente cidade para trabalhar de maneira autônoma, como profissional de carteira assinada ou mesmo prestar serviços como pessoa jurídica. Isto sem contar a possibilidade de utilizar aplicativos como o GetNinjas e até mesmo algumas agências especializadas dos famosos “maridos de aluguel” ou “faz tudo”.

3 – Rio de Janeiro

Esta é a segunda maior cidade do país, e sem dúvida nenhuma uma das mais antigas. Afinal de contas, foi a capital do Brasil por muito tempo, trazendo um grande fluxo de pessoas diretamente para lá.

A cidade continua em franca expansão, e realmente possibilita trabalho para as mais diversas áreas do mercado. É uma cidade que possui alguns estigmas, como por exemplo a violência, mas a verdade é que este é um padrão comum para cidades grandes.

O fato é que aqui você também terá toda uma infraestrutura viva e pulsante de cidade grande. Trazendo vantagens incríveis para quem deseja realmente trabalhar no ramo.

Para muitos a cidade se tornou um refúgio de empregos, tanto que os movimentos de retirantes do nordeste sempre se dirigiam para este local.

Você pode atuar como eletricista nas maiores empresas do país, que ainda estão situadas nesta região. Pode também ser um eletricista residencial com alta demanda. Já que muitas casas, principalmente em regiões mais humildes, possuem um sistema elétrico muito improvisado, gerando demanda de manutenção de maneira constante.

E por último pode se aliar aos empreendimentos imobiliários que ainda se acumulam em grandes quantidades.

Cuidado com as cidades históricas

O eletricista profissional em Minas Gerais precisa realmente se deparar com situações muito atípicas. Principalmente em cidades que são consideradas históricas, pois elas muitas vezes exigem uma paciência muito maior para a execução do trabalho.

Digo isto porque o que não falta nesta região são instalações antigas. Seja por conta de um patrimônio tombado, ou mesmo porque estamos falando de uma casa que foi criada no início da distribuição da eletricidade.

Saber o que está fazendo nunca foi tão essencial. Tanto para fazer reparos de verdade, como também evitar acidentes que podem trazer péssimas consequências ao profissional.

Fica aqui este simples aviso.

Conclusão

Embora possam haver situações adversas, a verdade é que existem muitas opções para quem realmente se dedica à profissão. Principalmente no caso dos autônomos, a qualidade do trabalho diz muito, assim como o preço justo.

Se você conquistar o cliente ele acabará por te indicar para várias pessoas. E é assim que se forma uma malha de clientes bastante robusta para aguentar até mesmo tempos mais difíceis.

Fazer cursos que ampliem suas habilidades também é algo essencial.

Sendo assim esta foi a minha dica. Qualquer dúvida sobre o assunto é só perguntar pela página de contato ou por aqui, nos comentários.

Até a próxima!